A tendencia é ser feliz!

segunda-feira, 11 de abril de 2016

De tudo um pouco

Olá voltei!

Algumas pessoas que leem meu blog falam assim; "Porque você não fala apenas de um assunto no seu blog?"

Bom gente, quando eu comecei a escrever no blog meu intuito era falar de filhos, família,, cotidiano, e não que isso tenha mudado completamente tá! Mas eu acho pouco pra mim, sendo que existem outros assuntos a serem abordadas e que também acho legal e que me atraem muito!

Não concordo em ficar limitado a uma coisa só, sou ariana pô! kkkkk Já viu algum ariano ficar estacionado em uma coisa só?

Eu não conheço, e sinceramente não consigo ser assim, sou do tipo mil e uma utilidades, faço de tudo um pouco e quando canso de uma coisa quero coisas novas, gosto de me reciclar.

Então trato meu blog dessa forma e acabo abordando diversos assuntos e geralmente tem haver comigo ou alguma situação que me incomoda ou que me deixa feliz.

Adoro esses blogs que abordam apenas um seguimento, que falam apenas de maquiagem, ou de cabelo, ou só de filhos, tenho muitas amigas blogueiras que gostam de falar apenas de um assunto especifico.

Mas como cada um é cada um, vou continuar escrevendo assim com meu jeitinho meio atrapalhada, alegre e cheia de assuntos.

Obrigada a você que lê, e volte sempre!

 beijo no coração ♥

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Administração em crise

Oieee!
Hoje quero falar sobre um assunto que anda esquentando a cabeça de um monte de gente, devido a crise que se instalou em nosso País, parece que as coisas estão cada dia mais complicadas.

Sou formada em Administração de Empresas, e a quase 1 ano ainda estou desempregada,

A coisa esta séria mesmo, por que antes eu era chamada pra entrevistas, mas infelizmente faz meses que ninguém me contata.

Antes de entrar no curso de Administração, pensei em outros cursos que pareciam bem mais atrativos pra mim e que eram muito mais a minha cara. Por exemplo; eu sempre amei decoração, era fissurada nessas revistas de  decoração, comprava várias, fazia coleções, sempre amei maquiagem, sempre fui muito vaidosa e moda então nem se fala, sempre amei estar na moda,(mas nos últimos anos a coisa ficou feia...) rs

Enfim, tive a chance de escolher outras áreas, mas aí me disseram; faz Administração, pois é um curso amplo que abrirá portas em diversas áreas.

Gente, fala sério, ainda não vi nem uma janela aberta, quanto mais uma porta.

Infelizmente aqui no Brasil temos um preconceito muito grande em relação as pessoas que passaram dos 30 anos, como se essas pessoas não pudessem ter uma nova chance, um recomeço ou uma nova oportunidade.

Gostaria de saber oque a idade influencia em sua capacidade, sendo que uma pessoa madura pode ser até melhor de contratar, ou seja, nessa idade a pessoa já casou, teve filhos, já passou por diversas situações em que não atrapalharia mais sua carreira.

Mas aí vem mais uma questão; porque raios um filho poderia atrapalhar uma carreira? Uma pessoa que tem uma família se torna ate mais responsável do que uma pessoa solteira e que não tem compromisso com ninguém. Não desmerecendo uma pessoa solteira, mas acho que todos tem a mesma capacidade e seus compromissos a cumprir.

Assisti a um filme recentemente onde um senhor de 70 anos era contratado como estagiário, aquilo me emocionou, me deixou feliz, poxa que alegria deve ser pra uma pessoa aposentada voltar a ativa, e se ela tem animo e folego pra isso porque não tentar?

Um vez sofri com esse pre conceito maligno, fiquei muito constrangida em uma entrevista pra uma grande revista, a vaga seria pra estagio na minha área, mas aí a recrutadora perguntou; porque a sra. na sua idade está em busca de um estágio?

Perai, Oi? Entendi direito?

Passei por diversas etapas pela empresa pra ouvir esse tipo de pergunta?
Me senti a velha de 100 anos de bengala buscando um emprego.

Mas e daí se eu encontrei a oportunidade que eu queria sendo estagiaria? Qual o problema em começar de baixo? Juro que sai da entrevista bem triste.

Acho que esse tipo de preconceito quanto a idade é um coisa cafona, ultrapassada, as empresas deveriam rever seus conceitos e começar a parar com esse pré- julgamento sobre as pessoas e se existe a vaga em aberto porque não dar a oportunidade, testar os conhecimentos dessa pessoa?

Sempre que busco vagas de empregos vejo que muitas vagas não são preenchidas a tempos, mas será que é só por que não temos profissionais capacitados, ou rola vários tipos de pré- conceitos em relação a contratação? Sabe que eu penso muito a respeito disso e tenho minhas duvidas...

Só acho que as empresas deveriam fazer uma reciclagem em relação aos seus conceitos e começar a dar oportunidade a quem realmente precisa e quer trabalhar, pois oque elas estariam perdendo em ensinar, dar um pequeno treinamento a novos colaboradores em novos cargos?

Acho que em meio a tantas crises aprendemos a ter resiliência, pois nos tornamos capazes de se adequar a qualquer situação, ou seja, temos a capacidade de nos adaptarmos facilmente a mudanças.

Só acho que todo mundo merece uma chance, todos!!!!

Pensem nisso.



segunda-feira, 4 de abril de 2016

Quando me amei de verdade

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é...Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a... Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!
Kim e Alison McMillen

quinta-feira, 24 de março de 2016

Agelles o novo queridinho das celebridades

Olá meus amores!
Hoje vim aqui pra contar sobre uma novidade no mercado da beleza, vou falar sobre um produtinho que ta fazendo a cabeça das famosas e até dos famosos.
Recentemente vi no programa do Celso Portiolli os cantores Bruno e Marrone falando sobre o produto milagroso! Quem diria que todo mundo estava sabendo da novidade.
Assisti a um vídeo da Adriane Galisteu contando sobre o produto e fiquei de queixo caído!!!
Enfim, vocês já ouviram falar num produto chamado Agelles?
É um produto que promete deixar a pele simplesmente perfeita! Eliminando olheiras e linhas de expressão instantaneamente, e pelos videos que estão correndo pela internet o produto realmente faz milagre.
Apesar de eu já ter 37 anos ainda não tenho rugas e olheiras, e linhas de expressão são bem poucas, mas estou louca pra experimentar esse produto, quero saber o que causa na pele, qual a sensação que dá ao passar o produto?
Gente eu to curiosa de verdade, imagina um produto que você passa e faz uma plástica sem dor no seu rosto, realmente é uma felicidade sem fim, e o melhor de tudo, o produto não custa o olho da cara, é bem acessível pra todas pessoas.
Imaginem só melhorar o aspecto da pele em apenas 1 minuto?
Em breve venho mostrar aqui pra vocês o meu teste ok!
beijinhos pra todas


segunda-feira, 7 de março de 2016

Feliz aniversário!

Hoje é um dia muito especial, meu japinha lindo está completando 15 anos de vida!
Me sinto completamente feliz pela vida dele, pelo presente que o Senhor me concedeu, por ele ser um menino esforçado, amável, querido, obediente e por tantas outras qualidades que meu filho tem.
Mãe coruja, sou mesmo e com muito orgulho!
Só desejo que ele seja imensamente feliz, que o Senhor guarde a vida dele e por onde ele for que ilumine seu caminhos.
Eu te amo muito filho! ♥
Aproveite essa fase, pois é a idade mais gostosa da vida.

muito bjos


quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

O tempo não passa, ele voa!

Hoje estive pensando que daqui um mês vou fazer aniversário, logo estarei com 37 anos, nem acredito!!!! Passou muito rápido, ontem mesmo eu tinha 13 anos...kkkk
Engraçado que quando eu era criança achava que seria professora, brincava de escolinha, achava lindo ensinar, aí depois de grandinha tive essa experiencia, trabalhei em uma escolinha por 4 anos da minha vida, foi uma das experiencias mais legais que tive e cansativa também, pois não é fácil ensinar, disciplinar, coordenar, mas amar aqueles pequenos foi a coisa mais facil do mundo. Engraçado que quando a gente é criança a gente pensa que com 30 anos seremos bem velhinhas e quando a gente cresce vê que não é nada disso, e que ao passar do tempo nos tornamos muito mais bonitas e iluminadas.
Lembro também que queria fazer faculdade, desde pequena dizia que faria uma faculdade e que seria uma grande empresária, mas a vida me virou do avesso e fiz tudo ao contrário, tive meu primeiro filho aos 22 anos, depois me casei, tive meu segundo filho e aí sim fui fazer minha faculdade, mas a primeira vez foi frustrante, meus filhos eram pequenos e não consegui conciliar naquele momento. Enfim tive uma segunda chance, filhos mais crescidinhos e mesmo com todas as dificuldade eu consegui concluir meu curso, sim conclui aos 36 anos de idade, era um sonho que eu tinha na minha vida.
Hoje sou uma mulher com experiencia de vida, e com várias etapas concluídas, Deus tem a direção da minha vida e é ele quem comanda e prepara o melhor pra mim. Hoje estou preparada para ser o que eu quiser ser, o tempo me mostrou tantas coisas e a cada dia aprendo coisas novas. Aos quase 37 anos percebi que eu faço as minhas escolhas e com certeza posso mudar de ideia quantas vezes eu quiser, e que a unica pessoa que pode me julgar sou eu mesma. Não temos a necessidade de ser aquilo que a sociedade escolhe pra vc, por que eu tenho o comando e o único que pode me direcionar na minha vida é Deus. Faça valer a pena, por que a vida passa muito rápido, então dedique se a fazer aquilo que te faz feliz!
beijinhos♥

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

A mãe

Hoje gostaria de falar sobre nós mulheres e mães.
Li um texto que me deixou meio chocada, pois uma moça descrevia sobre sua vida de mãe, com todos os pontos negativos que vivemos nessa nova fase da vida de uma mulher. Infelizmente não a vi descrever nada de positivo, e por final ela disse que "ser mãe era uma merda!"
É claro que me senti sensibilizada com tudo que ela havia descrito naquele depoimento, menos ela dizer a frase que mais me chocou. Pois por mais que seja realmente uma fase muito complicada não justifica ela dizer que ser mãe era uma merda.
Talvez ela não tenha entendido bem sobre essa coisa maravilhosa que é por um ser no mundo, e quão perfeito nosso Deus é em nos dar essa alegria.
Sinto por ela só ver pontos negativos na maternidade e por ela não ver alegria em ser mãe.
Quem nunca ficou enlouquecida algumas vezes com os filhos gritando, chorando, berrando, fazendo bagunça ou mal criação na frente dos outros?
Quem nunca teve o bico do seio rachado e sangrando e mesmo assim teve que amamentar seu filho?
Quem nunca dormiu na hora do mama, ou chorou no banheiro de cansaço e com o seio vazando e dolorido?
Eu já passei por tudo isso e muito mais, duas vezes! 
Tive momentos de fraqueza, de exaustão, de muitas lagrimas, dores nas costas, casa bagunçada, kilos de roupa pra lavar, janta pra fazer, banho do filho, comidinha diferente, suquinho, frutinha... É muita coisa!!!!
Da muito trabalho sim, cansei só de falar, mas existe alegria sim na maternidade, existe felicidade, companheirismo, sorrisos, etapas vencidas, fases e mais fases, e com o tempo você descobre que não consegue mais viver sem esse ser tão trabalhoso em nossa vida!
Sou da seguinte opinião, filhos são benção, são a herança de Deus pra nossas vidas.
Não entendo como alguém não consegue ver as coisas boas. Mas é claro que se vc é mãe solteira o trabalho é dobrado, pois feliz é a mulher que tem um parceiro que ajuda nas atividades, que compartilha dos momentos difíceis.
Fazer uma criança qualquer um faz, mas cuidar, educar e amar é outros quinhentos, tanto pra mulher quanto pro homem.
Não sei se essa moça é mãe solteira, mas que ela está revoltada isso está.
Quem sabe se ela tivesse um minimo de ajuda ela agiria de forma diferente e quem sabe mudaria esse titulo que ela mesma inventou pra maternidade.
Desejo a ela que ela encontre alegria em ser mãe, e que não veja apenas como um fardo.
Que Deus ajude todas as mães que não se acham capazes de viver a maternidade.

beijos