A tendencia é ser feliz!

domingo, 31 de julho de 2011

Será que sou um E.T. ?

Boa tarde!

Bom, hoje estou um pouco triste pelo fato de sempre ser criticada pelo meu jeito de ser, infelizmente não conseguimos ser tudo aquilo que nossos pais idealizaram prá gente, tentamos ser bons, pessoas de bem, descentes, amigáveis, educados,  tento ser uma boa mãe, uma boa esposa, dona de casa e trabalhadora.
Sempre fui uma pessoa muito amigável e amável, sou cheia de idéias, planos, agitada prá muitas coisas, mas infelizmente sou muito "mole" com meus filhos e com algumas pessoas, não sei bater, não sei responder, não sei me defender, essa é a verdade. (Devo ser tachada como idiota)
Tenho muita afinidade com a internet, tenho inúmeros amigos pela net, alguns que conheci aqui mesmo, e outras que já vem de longa data, adoro me expressar aqui na blogosfera,  não consigo guardar os sentimentos bons e muito menos os ruins dentro de mim, não sei guardar rancor, sou alegre, me acho divertida e brincalhona, (por mais que algumas vezes eu dê algumas mancadas), eu não me acho uma pessoa ruim" foi sem querer querendo, como diz o Chávez".
Mas oque eu posso fazer se eu sou uma mãe manteiga derretida, não sei gritar com meus filhos o tempo todo, não sei repreender por bobagens, puxa vida, será que eu sou tão errada assim, por não forçar meu filho a fazer uma coisa que ele não tem vontade.
Ou por escrever minhas situações e sentimentos aqui no blog, ou no face, ou escrever alguma frase que signifique algo  no meu dia através do msn?! Sou criticado por expor minha vida, meus filhos, minha história... Agora me diz uma coisa; acho que não estou matando, nem roubando e muito menos me drogando por ai, eu apenas escrevo, relato, me expresso, isso significa um alivio imenso prá mim.( Conseguem compreender?)

Podem por favor respeitar  isso!!!

Não pedi prá ser entendida, mas sim ser respeitada, pelos meus atos, minhas vontade, meus sonhos...
Não sou a dona da razão, nem a senhora certinha, aff quem sou eu...
Tenho meus erros e meus acertos, é tão bom as pessoas darem pitaco na nossa vida né? Se fosse prá melhorar algo estaríamos sempre de bem com a vida, jamais teríamos problemas, seria tudo um mar de rosas.
Mas infelizmente não é assim, as pessoas te criticam porque não suportam ver a forma que você é, o jeito que trata os seus filhos, e nem a alegria que você sente por desejar algo de bom prá si próprio.
Cara, cada um tem sua vida, seus problemas, suas vitórias, suas conquistas, seu jeito engraçado, seu jeito mimado, não tenho obrigação de tratar meus filhos da mesma forma que fui tratada na infância, recebi amor sim, mas dou muito mais amor do que recebi na minha infância, aquela época foi uma coisa, hoje é bem diferente, só sei que tento respeitar e não impor as coisas para os meu s filhos, será que isso é um erro fatal na minha vida??? Só porque não estou seguindo uma regra familiar???
Tudo que eu quero é que meus filhos cresçam com saúde, que me respeitem e que sejam felizes, hoje eles não sabem oque querem, pois são muito pequenos,  mas espero ter muito discernimento de Deus prá orienta los  no momento certo!
Ninguém disse que essa vida de pai e mãe seria fácil, ninguém me presenteou com um dicionário de como tratar e criar meus filhos.
Sinto na pele a dificuldade de tentar ser uma boa mãe, uma boa esposa e um bom ser humano, mas quem é perfeito nesse mundo, que pessoa é a dona da razão em tudo que fez e faz?
Só quero viver minha vida, criar meus pequenos e tentar ser feliz!
Se alguém tiver algo a dizer e criticar minha vida com coisas que não vão me acrescentar nada, por favor cale- se!!!
O silencio é a melhor palavra que você pode expressar sobre minha vida!
Pronto falei.

(Apenas desabafei)

7 comentários:

  1. Amiga,

    Não ligue para o q as pessoas falam, apenas ligue pelo q vc é de verdade. Não adianta ficarmos dizendo que somos isso e aquilo, sendo que tds irão tirar conclusões, pessoas que não tem nada o q fazer importando-se mas com a vida dos outros em vez de cuidar da sua...

    Fica bem,
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  2. Primeira coisa amiga:
    Adorei seu texto, voce é uma pessoa autêntica.
    E isso incomoda demais, sermos "diferentes", fora do padrao, sempre traz este tipo de comentarios e desrespeitos.

    Lembro ate hoje da cara que algumas pessoas (bem proximas, familia mesmo) fizeram pra mim quando estivemos ai ano passado e eu lavava a maozinha do Victor depois dele ter brincado no chao. Voce conseguia " ouvir" atraves daqueles olhares: "Nossa, como é fresca...o menino nem pode brincar no chao, quanto mimo..." E por ai vai...
    O fato é que nao podemos escolher que tipo de mae "teremos", mas certamente podemos escolher que tipo de mae "seremos" pros nossos filhos. E respeitar, cuidar, amar ao inves de gritar, espancar, deixar se machucar...ah, isso incomoda e muito!!!!

    Nao somos perfeitas, longe disso. Mas que sempre tem alguem doido pra jogar uma aguinha fria, tem ne?

    Continue escrevendo, se expressando, relatando parte da sua historia no blog e sendo a otima mae que voce é pros teus filhos. So eles (e nem eles) poderao te julgar.

    Respeito é algo muito cobrado e pouco executado.
    Seja feliz do seu jeito, amiga...lanca fora aquilo que nao te da paz!

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  3. Olá...estou passando por aqui para convidar você para conhecer meu DOCE blog.

    Quando puder passe por lá,vai ser um prazer ter sua companhia.

    www.tatidesignercake.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ola Tati!!!! Não ligue para os comentários destrutivos...sempre tem alguém par nos julgar, nos atrapalhar e invejar... Todos somos imperfeitos e todo mundo tem defeito (até quem acha que não!!!!) Bjoooooo enormeeeeee!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Tati! É incrível como a gente vive de cobranças né? Detesto que deem pitacos na maneira com q educo meu filho, e se alguém o faz, respondo grosseiramente que o filho é meu, e ponto! Se a gente gente deixa, as pessoas montam. Concordo com nº, gênero e grau com vc. Tô contigo!
    Bjos e já virei seguidora!

    ResponderExcluir
  6. Tati,toda mãe tem um instinto natural,mesmo errando estamos tentando acertar...
    Não deixe q ninguém te faça mal desta forma,ignore,respire fundo,e bola pra frente ou então, de uma de doida,grite e logo logo geral vai ver quem é q manda...(depois vc diz q foi a TPM,kkkkk)
    Eu ñ aceito nem meu marido me criticando,aceito sim conselhos construtivos,criticar por criticar,dar pitaco à toa é muito fácil...cada um sabe de si,cada mãe sabe até onde pode ir com seus filhos e sua família...
    Desabafe,grite,chora e venha se divertir com azamigas...ou então manda falar comigo, hj tô virada no samurai,perdi o sono 3 da manhã,tô de TPM e ainda é 2ª feira,dou um jeito na pessoa rapidinho...hahahahahahahahaha

    ResponderExcluir
  7. Tai, minha primeira vez aqui...não podia deixar de comentar neste post hiper importante...Olha já desabafei no meu blog algumas vezes, mas fiquei limitada qdo uma vez minha sogra se sentiu ofendida (a carapuça serviu sabe)e uma amiga(uma senhora) mae de amigos me encontrou pessoalmente e ficou me criticando...dai eu parei um pouco de expor tanto no blog... mas acho de muita coragem pessoas como vc e a maioria das amigas que colocam TUDO sem medo de ser feliz...infelizmente eu me limitei e sou bem sincera no blog mas penso muito no que vou escrever antes e ver se isso não vai chegar "distorcido" aos olhos de pessoas como minha sogra e cia por exemplo... Ainda mais que descobri que muitos conhecidos leem o blog e NUNCA comentaram...decubro numa conversa ou outra de msn...ou até pessoalmente. É isso...tá mais pra desabafo do que comentário hehehe bjão
    Bárbara Pata do facebook

    ResponderExcluir

Olá deixe seu comentário ♥