A tendencia é ser feliz!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Blogagem coletiva - Amamentação


Bom depois de ler alguns posts sobre amamentação resolvi falar um pouquinho sobre a minha experiência no assunto.
Quando eu tive meu primeiro filho eu tinha apenas 22 anos, tinha um medo enorme de amamentar, sofri muito de inicio, meu peito rachou, sangrou, mas eu não desisti de amamentar, fui corajosa e continue a amamentação, depois de um tempo eu já não sentia mais dor alguma, comecei a sentir prazer em alimentar aquela coisinha tão preciosa que Deus havia me dado, puxa vida as vezes eu parava prá pensar e ficava olhando enquanto ele mamava, com aquela boquinha tão gostosa. Me sentia super importante por Deus ter me dado a oportunidade de alimentar aquela pequena vidinha. Amamentei  até ele completar 1 ano e 1 mês. Hoje ele está com 10 anos, um menino que nem gripe pega, cresceu forte e sadio, e acho que o leite materno ajudou e muito para o desenvolvimento dele.
Agora quando eu tive meu segundo filho, eu tive tanto leite, mas tanto leite, tinha que tirar todo hora porque meu bebê não dava conta de tomar tudo..rss, mas como já tinha um pouco mais de experiência não sofri tanto de inicio, infelismente quando ele tinha 2 meses de vida teve que ser internado as pressas, pois os médicos diagnosticaram que estava com meningite, eu quase morri quando soube dos exames, não acreditava que meu pequeno estava naquela situação, ele era tão espertinho e eu estava amamentando ele certinho, não tenho a minima idéia de onde ele havia pego essa doença. Ele ficou na UTI por 15 dias e 7 deles em coma induzido, e meus peitos vazavam de tanto leite, era eu chorando e os peitos vazando, parecia que meu bebê estava querendo meu leite, era isso que eu sentia, por fim acabei tirando o leite e guardando no banco de leite do Hospital. Quando meu filho saiu do coma que começou a se alimentar, a médica queria dar leite industrializado prá ele pela sonda, mas eu comecei a insistir prá que ela desse o meu leite, a médica afirmou que ele não tinha forças prá sugar meu peito e que eu não poderia amamentar ele tão cedo. Eu chorava muito, me desesperava todas as vezes em que eu via meu filho sendo alimentado pela sonda, até que um dia eu implorei prá ela deixar eu tentar amamentar ele, e ela vendo meu sofrimento deixou, mas ela continuou afirmando, que ele não conseguiria sugar.
Mas Deus foi tão maravilhoso que fez um milagre naquele momento e meu filho juntou todas as forcinhas que ele tinha e conseguiu sugar, bem pouco mas conseguiu. Até os médicos ficaram impressionados por ele ser tão pequeno e ter ficado tanto tempo entubado e ainda mais com uma doença tão grave, ainda ter conseguido sugar. Sinceramente eu acho que  amor de mãe salva e o meu leite ajudou e muito na recuperação do meu pequeno, eu sempre falava isso no hospital, por fim ele ficou internado por 35 dias, saiu bem debilitado de lá, mas eu continue com a amamentação, insisti muito prá que ele voltasse a sugar como antes. Hoje eu te digo que meu filho é um vencedor, vai completar 4 anos de vida, mamou até 1 ano e 8 meses, bastante tempo né?
Mas posso te dizer uma coisa amamentei com amor, e foi esse amor que ajudou meu filho a se recuperar.
Um amor que Deus só fez aumentar, dia após dia, hoje se eu não contasse oque houve com meu filho, ninguém nunca saberia, porque quando Deus faz um milagre nunca é pela metade, por isso hoje ele é essa criança esperta, linda e sapeca que todo mundo conhece e que me dá um mega trabalho..rsrsr
É essa é a minha experiência em amamentar, uma experiência com final feliz!
Bjos

4 comentários:

  1. Nossa Tati, que lindo. Lindo demais! Parabéns pela sua força e coragem!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Realmente... parabéns pela vontade e pela força! Bela história!

    Beijos, Ananda.

    http://projetodemae.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Parabéns!!!
    Fazemos tudo pelos nossos filhos, não é?
    Eles nos fazem ser melhores a cada dia. Eles merecem o melhor de nós.

    Beijos***

    ResponderExcluir
  4. Oi Tati!
    Que linda historia, me emocionei demais com a força do teu pequeno!
    Como vc, tb acredito que o leite materno é um alimento divino, com tudo que o bebê precisa pra crescer forte e feliz! E com certeza ele ajudou na recuperação do seu filho! Que coisa linda! Glórias a Deus pela vida do teu filho!

    Foi um prazer te conhecer!

    Um Beijo Amiga!

    ResponderExcluir

Olá deixe seu comentário ♥