A tendencia é ser feliz!

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Papo de mãe

Começo logo dizendo nesse post, que hoje pela primeira vez no ano eu chorei.
Eu disse que não faria planos para esse ano, que deixaria as coisas acontecerem, a unica coisa que eu disse que seria era feliz! Mas a vida é cheia de imprevistos e ninguém consegue ser feliz 24 horas do dia, 7 dias na semana e nem 30 dias no mês concorda?!
Depois que voltei da viagem não consegui ver ninguém da minha família, nem na casa da minha mãe eu fui ainda... Ai como boa internauta que minha mãe é começamos a conversar pelo facebook, ela é totalmente ligada nessa coisa cibernética, pois é né, começamos a conversar sobre bobagens e ai cheguei num ponto em que ela não consegue concordar comigo, falei que estava fazendo entrevistas prá mudar de emprego, é ai que começa tudo, ela não entende que eu preciso ganhar mais, não estou estudando em vão, eu quero mais prá mim, trabalho na empresa da minha irmã, mas prá mim não está dando mais, eu preciso de algo que eu consiga ter uma remuneração melhor, a vida não ta nada fácil prá ninguém. Mas ela como sempre começou a me recriminar, porque ela acha que eu não posso fazer faculdade e trabalhar, pois os meninos estão crescendo e ficariam muito abandonados. Que isso, eles estudam e depois ficam com o pai deles, acho importante eles terem essa referencia, e outra meu marido é praticamente uma mãe de  gravata..rsss
Mas isso me chateia e muito, queria eu ter ela por perto pra me ajudar, mas infelizmente não tenho, eu me viro como posso, e esse emprego do meu marido me ajuda muito pelo horário que ele faz no jornal de madrugada, de inicio eu sofri, mas depois vi que seria uma ótima oportunidade prá mim, comecei a estudar de manhã, trabalho a tarde, chego em casa e ele ainda consegue descansar, e assim está dando certo.
Queria muito ter dinheiro e não precisar trabalhar, mas acho que mesmo tendo dinheiro eu ia querer fazer algo prá minha vida, esse negocio de que a gente vive de passagem aqui nesse mundo ta por fora, eu quero mais que isso, quero viver tudo que possa aqui nessa vida.
Eu e minha mãe sempre entramos em conflitos quando o assunto é eu trabalhar fora, eu choro litros aqui do outro lado do computador e ela nem se dá conta de que eu estou chateada ou triste.
Eu sei que ela quer o meu bem e dos meninos, mas ela precisa entender que eu penso diferente dela, antigamente ela trabalhava e levava a gente onde ela ia, quando ela teve as lojas nós estávamos com ela, mas as coisas mudam, não posso ser como ela foi, a vida não me deu essa oportunidade e outra, eu busco outras coisas, outras oportunidades, penso bem diferente dela.
Mas não é por isso que eu vou deixar de amar meus filhos, ou abandonar eles como ela disse, jamais isso aconteceria, amo demais meus meninos e tudo que faço é por eles também, eu quero o melhor pra vida deles sempre.
Amo minha mãe, admiro ela demais, ela é uma guerreira, briguenta, amorosa, brincalhona e as vezes protetora demais.
Mas é isso, como ela disse; ela nunca pensou que nós cresceríamos e sairíamos  da barra da saia dela. Meus filhos ainda dependem de mim, são pequenos e acho que talvez eu também tenha o mesmo sentimento que ela está tendo em relação a tudo que acontece em nossas vidas, de uma forma diferente lógico, mas com o mesmo sentimento de cuidado e proteção.
Mesmo ela me dizendo tudo que disse, eu não guardo rancor dela e nem tristeza, depois passa, eu vivo sempre o hoje, o ontem ficou prá trás e eu já estou em outra pagina..rsss

Enfim é isso, eu só precisava desabafar um pouco...chorei...pensei...refleti...e voltei a ser eu mesma.

Boa noite!

6 comentários:

  1. Entendo a situacao de voces, e como vc mesma disse ela é mae e protetora. Mas infelizmente as vezes acontece da gente encarar a vida e as oportunidades de maneiras diferentes, ne?
    É dificil pra maes entenderem isso, que temos opniao e vontades proprias. Digo isso porque minha mae é super protetora tambem e por causa disso, varias vezes, ja trocou os pes pelas maos. E ganhou (e nos deu) uma boa dor de cabeca.
    Mas somos iguais, nao é mesmo?
    Tenho certeza que o choro vai passar logo e que vc tera um dia bom amanha. fazer o que, se esse amor que nos une é maior que as diferencas, ne? Ainda bem! :)
    Bjs, amore!

    ResponderExcluir
  2. Nossa! A Bia Mello disse tudo: "É dificil pra maes entenderem que temos opiniões e vontades proprias"
    Força aí!
    Espero que dê tudo certo e vc fique bem.

    Beijos***

    ResponderExcluir
  3. Tati querida, sei que deve ser difícil, mas se é essa a sua vontade e pensamento, não deixe que ninguém nem mesmo sua mãe mude o seu rumo. Cada pessoa é única e por isso temos nossas opiniões....siga em frente com sua força e determinação que tudo dará certo...bjs!

    ResponderExcluir
  4. Amiga, acho que vc está certa, tem que crescer e evoluir, as nossas mães no fundo, querem evitar que nós cometamos os mesmos erros que elas cometeram, mas precisamos dos nossos próprios erros para aprenderem... nós tbém vamos querer poupar os nossos filhos, é um ciclo...
    Ficar triste é normal, o bom é que vc ñ guarda mágoa e nem pode, pois ela não fala por mal...pense assim...
    Bjs e boa sorte, vc tem tudo para dar certo!!!Acredite me vc!!!

    ResponderExcluir
  5. Lindas do meu core, obrigada pelo carinho de sempre! bjos

    ResponderExcluir
  6. Nao chore... As maes sao cricris eu sei , tenho uma... E mais, va em busca do seu crescimento, nao espere agradar as pessoas mesmo que essa pessoa seja sua mae, simplesmente lute e cresca e quando estiver em cima do pedestal, todos verao que voce estava simplesmente fazendo a coisa certa... Boa sorte e que logo chegue grandes oportunidades...

    Beijos e visite-nos
    http://betestrom.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Olá deixe seu comentário ♥